PT EN
Quero Visitar Quero Expor

Notícias da Intermach Voltar

Índice de confiança do empresário catarinense cresce e estado é o segundo do país em geração de empregos em outubro

Publicado em 26/11/2018 - 10:53  

Thumb post image

O índice de confiança dos empresários da indústria catarinense foi surpreendente e registrou alta de 12,1% entre outubro e novembro, chegando aos 66,6%. A alta foi impulsionada principalmente pelo indicador de expectativas do empresário. Observa-se uma melhora no indicador de condições atuais que chegou a 56,1 pontos, alta de 7,5% em relação a outubro. O índice de expectativas subiu 14,2 pontos, demonstrando o otimismo dos empresários do estado para os próximos meses. O índice aponta que a melhora das perspectivas deve estar relacionada ao novo cenário político, pois os empresários mostram-se mais confiantes com a equipe que irá assumir o governo e com a melhora no ambiente econômico.

No Brasil, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria, o ICEI alcançou 63,2 pontos em novembro, o maior índice desde setembro de 2010, quando registrou 63,3%. O índice supera em 6,7% os números de novembro do ano passado e 9% acima da média histórica.

Outro dado positivo de Santa Catarina é o segundo lugar no ranking nacional de estados em geração de empregos formais no mês de outubro. Foram criadas 9,7 mil posições de trabalho, reflexo de 86,4 mil admissões e 76,7 mil demissões. São Paulo foi o único estado que superou esse número, fechando o mês com 13 mil vagas criadas. Outubro foi o terceiro melhor mês de desempenho do ano, acumulando o saldo positivo de 54,8 mil vagas geradas em 2018. Janeiro e fevereiro lideram a conquista com 17,3 mil e 16,3 mil postos de trabalho, respectivamente.

O setor que mais criou vagas em outubro foi o comércio (4 mil), seguido por serviços (3,1 mil) e indústria de transformação (1,7 mil). No saldo do ano, o setor de serviços acumula o maior número de empregos gerados chegando a 23,6 mil, seguido da indústria de transformação com saldo de 22,5 mil vagas. Entre os municípios, Joinville lidera o ranking com 1,4 mil vagas, seguido de Blumenau com 498 e Balneário Camboriú com 395. No ranking nacional, Joinville, a maior cidade catarinense, desponta como a quinta melhor. No acumulado do ano, o município criou 9 mil empregos, contra 5,5 mil posições em 2017, consolidando-se como a cidade que mais criou vagas no país.

O diretor da Messe Brasil, Richard Spirandeli, avalia o cenário positivo como um impulsionador para a presença das indústrias e prestadores de serviços nas feiras de negócios, seja como expositor ou visitante. “Quando a economia volta a crescer os investimentos crescem juntos, o que amplia a disposição dos gestores de fortalecer as relações e conhecer as novas tecnologias que favorecem o aumento da produtividade da indústria. A procura pela Intermach, em setembro próximo, já demonstra esse resultado e certamente será um sucesso”, destaca. A Intermach 2019 – Feira e Congresso Internacional de Tecnologia, Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria Metalmecânica, será realizada de 17 a 20 de setembro, em Joinville, e contará com feira, congresso, workshops e outras atrações simultâneas. “Apresentaremos uma ampla grade de conteúdos e apresentaremos tecnologias inovadoras que impactaram a produtividade da indústria da região”, acrescenta Spirandelli. A programação, credenciamento de visitantes e informações adicionais estão disponíveis no site intermach.com.br.

Fontes: Observatório FIESC e Diário Catarinense